Um “enorme” desapontamento

Aos portugueses não é explicado um plano para sair da crise e em vez de serem anunciadas medidas de crescimento económico, são anunciados cortes nos salários e subida de mais impostos. Tudo em nome de uma dívida contraída que também ninguém foi ouvido nem achado. A cada dia que passa, a austeridade continua, o desemprego e a precariedade do trabalho aumentam, e as injustiças e desigualdades sociais agravam-se. Os portugueses já foram para a a rua mas não foram ouvidos. O que precisam de fazer mais: o pino?

Gire ao contrário!… : )

Anúncios

2 responses

  1. É frustante…há que traçar objetivos, alinhar diretivas e ver esforço real por quem nos governa e não “conversa da treta”. A penalização, o esforço, é sempre dos do costume…

  2. É mesmo frustante!… Ainda NINGUÉM descortinou o ínfimo projecto de crescimento económico. Será que vão passar todo o mandato só preocupados com aumento de impostos?

Deixe o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s