Passeio em Viana do Castelo

Quem vai a Caminha não pode deixar de passar por Viana do Castelo e visitar um dos mais bem conservados centros históricos do país. Calcorrear as suas ruelas e edifícios históricos onde predominam os estilos manuelino, barroco e art-déco; visitar o “Museu do Traje”, e no fim repousar numa esplanada. Cidade fresca junto ao mar, com os seus famosos estaleiros, mas também muita montanha, dedicação ao turismo e à indústria artesã.

Os lenços dos namorados eram bordados por raparigas em idade de casar e dirigidos aos “amados ou “conversados”. Perdeu-se esta tradição… O mais parecido que existe são os erros que se vão dando com o novo acordo ortográfico…

E os corações de Viana fazem parte da indumentárias dos trajes minhotos. Que é possível ver ostentados, nas festas de Nossa Senhora da Agonia, em Agosto.

Na Rua da Bandeira, os comerciantes convidam os trausentes a entrar nas lojas, através das esbeltas decorações de flores de papel em arbustos e das montras com artigos bem selecionados com saldos com 50% de desconto!

E já no fim da rua, não pude deixar de reparar no restaurante japonês Shiso – Sushi Lounge, decorado por Paulo Lobo, que estava fechado por ser segunda-feira. Teria dificuldade em lhe resistir…

Anúncios

2 responses

  1. Para além disto, acrescento que Viana tem bons resturantes de comida tradicional, e tudo isto para dizer que vale a pena visitar Viana.

Deixe o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s