O que queres ser quando fores grande?

Partilho esta excelente crónica sobre as representações sociais dos políticos, de um autor que eu admiro muito- Luís Fernandes, professor associado da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação do Porto.

http://opiniao.porto24.pt/2012/06/17/vai-trabalhar-malandro/

Anúncios

2 responses

  1. Excelente artigo!… Até parece que foi encomendado por mim, ontem, quando neste espaço concluía que os governantes de agora nos chamam malandros, e nos mandam trabalhar ainda mais.
    Com políticos sem provas dadas vão acontecendo coisas como as retratadas hoje, no JN, de um cronista que admiro – Daniel Deusdado. Aconselho uma leitura em

    http://www.jn.pt/Opiniao/default.aspx?content_id=2648612&opiniao=Daniel%20Deusdado

    onde gosto da expressão utilizada ” neste processo de destruição civilizacional”.

  2. Apesar de todos os acontecimentos infelizes que nos últimos anos temos assistido na política portuguesa, o regime democrático ainda é o mal menor, por isso continua a ser necessário partidos, deputados, etc. Contudo, torna-se imperioso implementar diversas reformas estruturais de fundo, nomeadamente nas estruturas partidárias, nas organizações públicas, no sistema eleitoral, entre outras. Resumindo um país novo!
    Por último, deixo aqui a meu ver, a reforma das reformas, e que tem sido incompreensivelmente, ou não, esquecida por todos: a REFORMA DA JUSTIÇA. Com ela, seria possível moralizar e credibilizar a nossa classe política, retirando de forma exemplar, as “maças podres” que aí abundam.

Deixe o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s